Waldo de Lucca é eleito diretor do Campus Capivari


Mesa eleitoral

Aconteceu na última quarta-feira, dia 19/06, a consulta para diretor geral do Campus Capivari. O processo eleitoral aconteceu durante todo o dia e contou com a colaboração de professores, técnico-administrativos e alunos. A apuração apontou a vitória ao professor Waldo Luis de Lucca com 94,6% dos votos válidos. Waldo era candidato único e assumirá a diretoria no final do mês de julho.

Em entrevista ao site institucional, Waldo fez um balanço do processo eleitoral, destacou algumas carências do campus e apontou quais serão as diretrizes de sua gestão.

Confira à seguir a entrevista na íntegra com o diretor eleito Waldo Luis de Lucca.

Assessoria: Professor Waldo, qual balanço que você faz do processo eleitoral para diretor no Campus Capivari?

Waldo: Embora tenha sido um período muito longo, considerando o fato de ter um único candidato, o processo foi tranquilo. Acredito que foi positivo por permitir a apresentação de ideias e a coleta de sugestões para a gestão do campus. Se houvesse mais candidatos, certamente o tempo seria mais adequado e haveria mais manifestações. Mesmo assim, acredito que o resultado foi muito bom e o alto índice de aprovação aumenta muito a responsabilidade. Espero que os servidores e alunos possam continuar participando da gestão, de forma que seja possível alcançar o desenvolvimento do campus, atendendo ao que almeja toda a comunidade.

Assessoria: O que os servidores e alunos podem esperar desse novo mandato que se iniciará?

Waldo: Eu espero um mandato com muitos novos desafios, uma vez que deixamos de ser campus avançado. A maior autonomia exigirá novas ações, tanto de empreendimento quanto de controle. Será necessário muito trabalho, muitos projetos, e isso é o que acho que os servidores e alunos poderão esperar. Além disso, com a chegada de novos servidores, espero que seja possível oferecer mais serviços à comunidade. Vamos buscar concretizar todos os compromissos assumidos no plano de gestão, buscando a participação de todos.

Assessoria: Na sua opinião, quais as maiores carências em nosso campus e qual será a sua política para melhorar esses quadros?

Waldo: Nós estávamos com falta de servidores, o que já está começando a ser suprido, com a chegada dos novos colegas que fizeram o concurso do ano passado. A biblioteca é um dos exemplos de carência que tínhamos e, com a chegada de três servidores (uma já chegou e esperamos mais dois em breve) o problema deve ser resolvido. Temos, ainda, vários problemas estruturais no prédio, que depende de obras de manutenção predial. Infelizmente, nossa primeira obra teve a desistência da empresa que ganhou a licitação e, com isso, estamos há alguns anos na fila de espera de uma nova licitação. Sabemos que o setor de obras do IFSP está sobrecarregado e isso tem dificultado sair a nova licitação. Nesses últimos meses, foi iniciado um processo de dividir a obra de manutenção em projetos menores e espero que cada um desses projetos possa ser licitado com maior rapidez para resolvermos alguns desses problemas. Também temos a carência de espaço físico e, para resolver isso, precisamos receber o terreno onde está o campus em caráter definitivo, para iniciarmos a construção de novos prédios. Isso é uma questão que envolve outros segmentos da sociedade, como o poder público municipal e a escola que nos cedeu o terreno. Acredito que isso deve ser uma prioridade nesse novo mandato.

1 Comentário  »

  1. Parabens é muito honroso vc representar O NOSSO CAMPUS EM NOSSA CIDADE. Abraços.

RSS para os comentários desta matéria, TrackBack URI

Deixe um Comentário